Cerca Design House: Levar o farnel para o campo e regressar ao conforto de casa

O Farnel da Cerca, preparado com os produtos da região, é uma das novidades para este verão na Cerca Design House, que reabriu há dias no Fundão.

 

Fica o aviso: “esqueçam os relógios, enxotem o stress, afastem-se do telemóvel. Não obrigatoriamente por esta ordem, mas se possível tudo ao mesmo tempo”. Em plena serra da Gardunha, a Cerca Design House é um refúgio para escapar em modo rural e tranquilo, mas com todo o conforto.

 

Um jardim, um pomar, o silêncio, uma piscina e um cesto de pequeno almoço entregue à hora desejada”. O que mais se pode querer na tranquilidade da serra? Ao tradicional solar beirão, o alojamento acrescenta-se cinco villas contemporâneas com espaço para a privacidade e o distanciamento.

 

Reaberta a 20 de junho, com o selo “Clean and Safe” do Turismo de Portugal e mesmo a tempo da estação quente, a Cerca Design House oferece “férias de sonho com sabor a campo” e novidades no regresso.

Desde logo o farnel, para que que possa partir à descoberta da região em família sem limitar o percurso ao local ou à hora de almoço. “A nossa equipa trata de tudo”, garante o alojamento. O Farnel da Cerca, preparado com os produtos da região, garante energia para todo o dia. E vai precisar: nas imediações há muito para fazer. Passeios a pé, de bicicleta, de cavalo, rotas fotográficas, observação de aves ou trilhos pelas montanhas. Uma viagem que pode e deve culminar com um mergulho nas numerosas ribeiras e afluentes do rio Zêzere, nas praias fluviais da região ou numa imersão da história, entre típicas Aldeias de Xisto, Históricas ou à descoberta dos vestígios do património judaico.

 

 

De regresso, a Cerca Design House (Largo da Praça, 1, Chãos, Fundão. Tel. 275759060) inserida numa paisagem verdejante, tem vários espaços para explorar. Do jardim ao alpendre, da esplanada, das duas piscinas exclusivas (uma os hóspedes da casa principal e outra para as Villas). Há livros, em diferentes línguas, numa estante contorcida na minibiblioteca caracol, sofás para esticar o corpo…

No interior, na casa principal ou nas Villas, os quartos (desde €80) adotam nomes de plantas das serras da Estrela e da Gardunha. As almofadas são forradas a burel, a janela secular em forma de flor é a imagem de marca deste solar beirão de grossas paredes de pedra. O chá de pés de cereja é cortesia da casa e remete para a maior produção agrícola da região onde se insere, o Fundão, com a sua cereja de qualidade e certificada.

 

 

“As cerejeiras não enganam: este é território frutuoso! Só na vizinha serra da Gardunha, dizem, há “60 espécies diferentes” e o alojamento tem isso em conta. Na casa principal, que remonta ao século XVII, existem 10 quartos, dois dos quais com as paredes originais. Pode ainda dormir nas cinco villas familiares e “amigas” dos animais, com sala e kitchenette. Aproveite o conforto da sala de estar, o bar, o enorme jacuzzi e as piscinas. Aqui alia-se a modernidade ao rústico e a tradições como o burel.

 

 

Fonte: Boa Cama Boa Mesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *