Câmara de Vila Real apoia comércio e restauração com verbas do programa de Natal

A Câmara de Vila Real vai canalizar parte do orçamento da festa de Natal para apoiar o comércio local, através de um concurso de montras, e distribuir embalagens de alumínio para o serviço de ‘take-away’ dos restaurantes. O autarca disse que a câmara não se pode substituir ao Estado central, mas “pode dar sinais”.

Rui Santos explicou que a autarquia vai pegar no “dinheiro que resulta da poupança dessas atividades e tentar, de forma legal, ajudar o comércio local”. Para a iluminação vão ser aplicados 19 mil euros e canalizados cerca de 50 mil euros para apoio à economia local.

O vereador do pelouro do Turismo e Animação, José Maria Magalhães, explicou que o município vai lançar um concurso de montras de Natal, atribuindo 100 euros a cada estabelecimento do comércio local aderente, esperando-se no total cerca de 250 concorrentes.

O concurso decorrerá entre dezembro e janeiro e, depois, será também atribuído um prémio aos vencedores de 500, 300 e 200 euros. Nuno Augusto, vereador do Desenvolvimento Económico e Emprego, elencou os apoios à restauração, anunciando a distribuição de mil recipientes de alumínio a cada um dos cerca de 50 restaurantes do concelho para serem usados no serviço de ‘take-away’. Serão também distribuídas máscaras.

O vereador disse ainda que a câmara aprovou um protocolo com os CTT com o objetivo de ajudar o comércio local no apoio à criação de lojas ‘online’ e dar a possibilidade a 150 empresas de se inscreverem numa plataforma nacional que irá facilitar a venda e a aquisição dos produtos. Num raio de 10 quilómetros de Vila Real as compras poderão ser entregues em duas horas e, em todo o país, em 24 horas.

O município vai ainda manter a isenção de taxas da utilização de esplanadas, assim como a possibilidade dos comerciantes ocuparam mais espaço.

 

Fonte: Mundo Português

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *