Quarta edição do Festival Sintonias em Castelo Branco com oito grupos

O Festival Sintonias, em Castelo Branco, passa a ser realizado durante dois dias e nesta edição, nos dias 30 e 31, participam oito grupos, quatro dos quais oriundos do concelho.

“Este ano, pela primeira vez, o Sintonias vai ter dois dias. Trata-se de mais um grande evento que conta com a organização da câmara e junta de freguesia de Castelo Branco e da Associação Sintonias”, explicou, em conferência de imprensa, o vice-presidente do município de Castelo Branco, José Augusto Alves.

A quarta edição do Festival Sintonias vai realizar-se na Quinta da Fonte Nova, em Castelo Branco, e, além dos vários géneros musicais presentes, desde o jazz, o rock e o soul, o evento introduz outras novidades, como o teatro, a fotografia e as artes plásticas.

“Vamos trazer o teatro ao festival pela primeira vez. Vai ainda haver um espaço dedicado à fotografia e à pintura de artistas de Castelo Branco”, sublinhou o presidente da Associação Sintonias, Fábio Ramalho.

No palco vão estar, no dia 30, nomes como os Sintonizados e os Slash N’ Roses e, no dia seguinte, os Vodoo Marmalade, Leonor Santos e Eduarda Martins, DJ SET 9 e o grupo de teatro Tramédia.

“Esta iniciativa é uma mais-valia para a cidade e determinante para a música e cultura local. Demonstra ainda que os grandes eventos concelhios são feitos através da dinâmica das nossas associações”, afirmou o vice-presidente da autarquia.

Já o presidente da junta de freguesia de Castelo Branco, Leopoldo Rodrigues, realçou o apoio que esta autarquia tem dado ao evento desde a sua primeira edição.

“A junta de freguesia apostou desde o início neste festival que valoriza a música e as artes plásticas e que enriquece a área da cultura e, neste caso, a freguesia. Tem tudo para que seja um festival que se possa vir a afirmar na região”, disse.

O autarca sublinhou ainda o “cuidado e a sensibilidade” que a Associação Sintonias tem com o meio ambiente e com o bem-estar da população, uma vez que o evento decorre numa área verde da cidade, mas que está rodeada por zonas habitacionais.

Além da música, do teatro e das artes plásticas, os festivaleiros podem ainda praticar vários jogos tradicionais.

 

Fonte: Mundo Português

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *