O estranho mundo de Tim Burton no Museu da Marioneta, em Lisboa

O Museu da Marioneta já reabriu, com a exposição temporária “Tim Burton – As Marionetas de Animação”. Há marionetas, desenhos, maquetas e adereços para ver, agora, até 4 de outubro

Emocionam-nos como se fossem atores de carne e osso, mas são marionetas animadas por uma infinidade de mecanismos, escondidos no interior. Quando nos sentamos na sala de cinema e nos deixamos transportar pela magia, esquecemo-nos, tantas vezes, do trabalho que está por detrás de uma produção de animação em stop-motion.

A exposição Tim Burton – As Marionetas de Animação, que a Monstra – Festival de Animação de Lisboa e o Museu da Marioneta trazem a Portugal, é uma homenagem não só ao génio de um dos mais importantes realizadores desse género cinematográfico, mas também ao processo que dá vida a complexas marionetas. “Tentámos não limitar a exposição a desenhos e esboços de Tim Burton. Interessa-nos muito o lado físico e mais fotográfico do processo de produção”, revela Fernando Galrito, diretor artístico da Monstra.

Em Lisboa, podem ver-se, até 4 de outubro, 22 marionetas produzidas pelos estúdios britânicos Mackinnon & Saunders, entre elas Victoria, a prometida de Victor em A Noiva Cadáver, presente em duas versões: uma vestida e outra despida, com todos os mecanismos à vista, para que se possa perceber o extraordinário trabalho de relojoaria que dá expressão, sentimentos e vida à personagem.

Foto: Luís Barra

Dividida em dois espaços do museu, a exposição é complementada por desenhos originais de Tim Burton, armaduras, maquetas, adereços, esboços e pesquisas gráficas da produtora Mackinnon & Saunders. O ambiente gótico é conseguido através de interpretações minimalistas dos cenários de A Noiva CadáverFrankenweenie e também do mais colorido Marte Ataca!, transportando os visitantes para o mundo encantado de Tim Burton.A entrada no museu é limitada a um número máximo de 10 visitantes;

Para a reabertura do museu foram definidas uma série de condições de acesso, devido à pandemia. A entrada no museu é limitada a um número máximo de 10 visitantes e o uso de máscara é obrigatório durante a visita. Também a exposição temporária Tim Burton – As Marionetas de Animação tem uma lotação de 5 visitantes.

Estão a ser feitas alterações na exposição permanente, de forma a incluir as máscaras ibero-americanas da coleção de Francisco Capelo no percurso expositivo. A abertura total do Museu da Marioneta está prevista para esta terça, 2 de junho.

Tim Burton – As Marionetas de Animação > Museu da Marioneta > Convento das Bernardas > R. da Esperança, 146, Lisboa > T. 21 394 2810 > até 4 out, ter-dom 11h-17h (última entrada 16h30) > €2, grátis até 5 anos.

 

Fotos: Luís Barra

Fonte: Visão 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *