Novos petiscos no Guincho com vista-mar e dedo Michelin

Na Fortaleza do Guincho, o chef Gil Fernandes brinda ao verão com uma nova esplanada virada para o mar, com petiscos mais ligeiros e acessíveis sem descurar o produto. O restaurante Michelin também já reabriu.

O verão trouxe novidades para os lados do Guincho. A readaptação aos novos tempos e dinâmicas pós-pandémicos, a vontade de chamar outras franjas de público e o potencial de um espaço amplo plantado em cima do mar levaram a Fortaleza do Guincho a criar o seu novo Spot, um terraço com esplanada que aposta agora numa carta mais leve e curta, feita de raíz a pensar nos petiscos e pratos para partilhar, com a vista privilegiada de sempre para os areais vizinhos e o Atlântico.

“Este continua a ser o Gil, mas é um Gil diferente. Mais focado na partilha mas sem esquecer o produto premium”, explica o chef Gil Fernandes, encarregue pela cozinha do restaurante da fortaleza, detentor de uma estrela Michelin e também este de portas reabertas desde meio de julho. “A ideia aqui é tão simples como juntar uma boa vista, um bom vinho e um bom petisco”, conta o jovem, que aqui junta novas propostas e algumas adaptações de pratos já existentes na carta de bar, prontos para celebrar os dias soalheiros e longos que chegaram em força.

O ceviche de peixe da lota e piso de ervas aromáticas. (Fotografias: DR)

O clássico choco frito é um dos petiscos.

A nova esplanada da Fortaleza do Guincho.

Na carta do Spot, mais descontraída e acessível em tudo, da ligeireza aos preços, está o clássico choco frito (16€), com uma tempura muito suave; o ceviche de peixe da lota com piso de ervas aromáticas (16€), feito com o que houver de mais fresco, seja a corvina, a garoupa ou o lírio dos Açores, entre outros; os cremosos míscaros com ovos (12€); sem esquecer as saladas, as sanduíches e as sopas veranis, quer seja a de peixe da costa nacional (12€) ou o refrescante gaspacho alentejano (8€). Se a ideia for uma refeição mais aconchegante, há lombo de porco preto com tajine de cenouras e kumquat (20€); esparguete de lavagante da costa portuguesa (36€); e lombo de novilho nacional com batata salteada, espinafres e pimentão fumado (24€), por exemplo.

O doce remate final é feito com um bolo de chocolate com espuma de caramelo e gelado de amendoim (8,5€) e um creme de baunilha e rum com pêssego assado (8,5€), duas das sobremesas cujos sabores vão ficar na memória e que serão difíceis de partilhar à mesa. Antes do regresso, vale a pena comprar e levar para casa os diferentes pães que a Fortaleza fabrica e agora vende em regime takeaway – mais uma das readaptações desta casa aos novos tempos – aos quais se juntam outros produtos de pastelaria, como croissants e scones.

O esparguete de lavagante da nossa costa.

A salada de polvo grelhado e batata doce de Aljezur.

 

Spot by Fortaleza do Guincho
Estrada do Guincho (Cascais)
Tel.: 214870491
Web: fortalezadoguincho.com
Das 11h às 22h. Não encerra.
Preço: petiscos e saladas desde 12€, sopas desde 6€, pratos principais desde 20€.

 

 

Fotos: DR

Fonte: Evasões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *