Mais frio, nevoeiro, granizo e neve: vai ser assim o primeiro dia de 2021

Não se esqueça do espumante no Ano Novo mas mantenha o casaco por perto que vai dar jeito.

O Natal trouxe já dias um pouco mais frios, na generalidade do País, e a tendência vai voltar a repetir-se no primeiro dia do próximo ano.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) adiantou numa nota divulgada à imprensa que a chegada de 2021 a Portugal Continental vai ficar marcada pelo tempo frio, fruto da com binação de um anticiclone localizado a noroeste dos Açores e à depressão Bella. O frio já se começará a sentir no último fôlego deste ano e deverá manter-se até 1 de janeiro.

No site do IPMA surgem já alguns detalhes distribuídos por regiões. Espera-se tempo frio, com céu com períodos de muita nebulosidade, apresentando geralmente muito nublado até início da manhã na região Sul. São ainda esperados períodos de chuva fraca a Sul até início da manhã de aguaceiros pouco frequentes nas regiões Norte e Centro, em particular a norte da cordilheira de Montejunto-Estrela, onde os tais aguaceiros “poderão ser ocasionalmente de granizo”.

Espera-se ainda uma pequena descida de temperatura, em especial da mínima e nas regiões Norte e Centro. Lisboa começara 2021 entre os 6º e os 11º. No Porto os casacos (e as mantas lá por casa) são ainda mais aconselhados, com a temperatura no primeiro dia do ano a variar entre os 2º e os 9º graus. Em ambas as cidades a tendência deverá manter-se nos primeiros dias de janeiro, podendo até haver uma descida das temperaturas mínimas.

 

Fonte: Nit

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *