Lisboa é eleita Melhor Destino City Break do Mundo (pela quarta vez)

A capital portuguesa foi distinguida com o prémio Melhor Destino City Break do Mundo, pelo quarto ano consecutivo, na edição mais votada de sempre dos World Travel Awards.

Lisboa conseguiu, pela quarta vez, ser eleita o Melhor Destino City Break do Mundo. A distinção foi atribuída pelos World Travel Awards, considerados os “Óscares do Turismo”, que resultam de uma votação online, aberta ao público em geral e a profissionais de turismo e viagens de todo o mundo. A edição deste ano foi a mais votada de sempre.

O galardão conquistado pela capital portuguesa “representa o reconhecimento mundial e contínuo da qualidade e diversidade da oferta turística de Lisboa e será, certamente, uma referência para os turistas estrangeiros assim que começarem a planear as suas viagens”, disse Paula Oliveira, diretora executiva da Associação de Turismo de Lisboa, em comunicado.

A Associação atribui o “prestígio conquistado nos vários mercados” ao conjunto da beleza natural, as praias, os sítios Património Mundial da UNESCO e a gastronomia da cidade, mas também à “aposta estratégica na requalificação do património, o enriquecimento da oferta cultural e a multiplicidade de experiências que cativam vários perfis de turistas”.

“Estes fatores, associados ao desejo de viajar que as pessoas mantêm, são altamente positivos quando a pandemia acabar. Mas até esse dia chegar, é fundamental conseguir preservar o tecido económico do Turismo para que o setor possa assegurar, com a máxima qualidade, o seu papel crucial numa retoma que se deseja o mais breve possível”, acrescenta a responsável.

Antes da pandemia, o sector do turismo gerava em Lisboa 14,7 mil milhões de euros de receita anual, sendo a região que mais contribuía para as receitas nacionais. Assegurava ainda mais de 200 mil empregos e contribuía com 20,3% para o PIB regional e 15,4% para o emprego.

 

Foto: Pedro Rocha/GI

Fonte: Evasões

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *