fbpx

Lançado o concurso público para autocarro anfíbio

Transporte terá uma capacidade máxima de 52 pessoas

A Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia já aprovou o lançamento do concurso para a concessão de serviço público de transporte fluvial de passageiros no Douro. Segundo Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Gaia, a ideia “é criar um transporte alternativo à Estrada Nacional 222, cujo trânsito na hora de ponta é um inferno”. A capacidade máxima do anfíbio será de 52 pessoas. Futuramente, Arnelas e Avintes poderão ser incluídos no projeto. Apesar de não ter o foco na via turística, esta opção não é descartada. Sublinhando tratar-se de “um projeto-piloto” por a autarquia estar em fim de mandato e 2021 ser anos de eleições, Eduardo Vítor Rodrigues explicou que o operador que vier a ficar com o negócio “poderá explorar, também, a via turística, conseguindo dessa forma rentabilizar mais depressa o investimento”.

O projeto prevê uma faturação anual prevista do veículo anfíbio de 36 mil euros e um subsídio anual de exploração da Câmara de 93 mil euros, o autarca explicou que a utilização do anfíbio “poderá ser paga com o andante, aliviando, assim, o município de encargos financeiros”.

O autocarro anfíbio é uma ideia importada dos Países Baixos, nomeadamente das cidades de Amesterdão e de Roterdão, onde este tipo de transporte é bastante utilizado.

 

Fonte: CM Vila Nova de Gaia

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *