Já pode ir ver a exposição de Pablo Picasso no Porto

O Palácio das Artes, no Porto já abriu portas à exposição ‘Pablo Picasso. Suite Vollard. Colecciones Fundación MAPFRE”. A mostra inédita em Portugal reúne uma coleção de 100 gravuras desenhadas pelo genial pintor espanhol entre 1930 e 1937.

A exposição, que pode ser visitada até 11 de setembro, resulta do esforço conjunto da casa de vinho do Porto Taylor’s e do Museu da Misericórdia do Porto e leva até ao Palácio das Artes, na Cidade Invicta, 100 gravuras desenhadas por Pablo Picasso.

A coleção é detida pela Fundação Mapfre e surge no Porto por iniciativa de Charlotte Crapts, comissária de arte.

“O Porto é a nossa casa”, afirmou Adrian Bridge, diretor geral da Taylor’s, na inauguração da exposição. “Este casamento entre o vinho do Porto, que é por si só um emblema cultural e patrimonial, e a arte expressiva de um artista universalmente reconhecido, é o primeiro projeto de várias iniciativas que a Taylor’s, em conjunto com o Museu da Misericórdia do Porto, pretende desenvolver ao longo dos próximos cinco anos”, assumiu.

A coleção, considerada uma das mais importantes do século XX, inclui três retratos de Vollard, cinco gravuras que se referem à ‘Batalha do Amor’, quarenta e seis sobre a ‘Oficina do Escultor’, quatro em Rembrandt, quinze que abordam o ‘Minotauro’ e o ‘Minotauro Cego’ e vinte e sete composições de diversos temas.

As gravuras não seguem uma sequência lógica entre si, sendo que a sua cronologia temporal obedeceu aos eventos externos e pessoais do artista.

A mestria de Picasso

No final da visita, que se estima com a duração de uma hora e trinta minutos, termina numa sala onde se encontram livros de arte, da editora Cahiers d’Art, dos artistas que influenciaram Pablo Picasso, como Henri Matisse e Joan Miró. As obras poderão ser consultadas livremente.

No Palácio das Artes, junta-se às salas de exposição uma zona de café que transporta, quem visita, até aos anos 30 em Paris.

As tonalidades de cor das paredes, os balcões e cadeiras italianas trazidas de um antiquário e as mesas que antes ganhavam vida no antigo mobiliário do café ‘A Brasileira’, no Porto, compõem este espaço que completa e envolve a experiência do visitante. O conceito foi concebido pela comissária de arte Charlotte Crapts.

Das 100 gravuras que compõem a ‘Suite Vollard’, 27 são dedicadas a temas diversos que não têm, necessariamente, um elo comum. Mulheres a descansar, toilettes, um fauno que descobre uma mulher, uns homens a beber ou um flautista, são alguns dos exemplos das peças em cobre deste grupo.

Estas gravuras põem em evidência a mestria de Picasso. Na maioria delas predomina um estilo clássico, muito parco, mas noutras podemos ver um traço mais profuso. A pressão repetida do cinzel sobre a placa, assim como a utilização de água-forte e de água-tinta criam diferentes tonalidades que enriquecem os motivos.

A entrada na exposição tem o custo de 10 euros sendo gratuita para crianças até 12 anos. Para jovens entre os 12 e os 17 anos, estudantes e séniores a partir dos 65 anos, é concedido um desconto de 50% no valor do ingresso. No final da visita, como parte integrante da experiência e incluído no bilhete, a Taylor’s convida os visitantes adultos a provar um cálice de vinho do Porto no espaço Taylor’s, adjacente às salas da exposição.

A exposição estará patente até 11 de setembro, no Palácio das Artes, em plena baixa da cidade do Porto. A compra de bilhetes poderá ser feita no local ou diretamente em www.pablopicassoporto.com.

 

Fonte: Mundo Português

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *