Criação de novas empresas cresce 120% no setor de transportes individuais de passageiros

É no distrito de Lisboa que se observa o crescimento mais significativo destas novas empresas, seguida das regiões do Porto, Setúbal e Faro.

Nos primeiros nove meses do ano foram criadas 37.533 novas empresas, mais 9,6% do que no período homólogo de 2018, sendo os setor dos Transportes o grande responsável por esse crescimento, de acordo com um estudo da Informa D&B lançado esta sexta-feira, 11 de outubro. No setor dos Transportes foram constituídas 3.209 novas empresas, o que representa um crescimento de 120% na área face aos primeiros nove meses de 2018.

“Todo este crescimento é da responsabilidade do subsetor do transporte ocasional de passageiros em veículos ligeiros [que inclui os TVDE em geral], que apresentou um crescimento muito elevado nos três trimestres deste ano. Esta subida coincide com a promulgação da Lei 45/2018 que regula a atividade de transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados a partir de plataformas eletrónicas”, analisa a consultora.

Ou seja, o principal motor para o surgimento de novas empresas no setor dos transportes, sobretudo no segmento do transporte individual de passageiros, deveu-se à legislação que criou novas condições no mercado para empresas que cooperam ou oferecem serviços idênticos ao que fornece a Uber, a Bolt e a Kapten.

É no distrito de Lisboa que se observa o crescimento mais significativo destas novas empresas, seguida das regiões do Porto, Setúbal e Faro.

 

Fonte: Jornal Económico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *