Porto de Mós e os seus encantos naturais e históricos

Localizado em pleno distrito de Leiria, Porto de Mós é uma vila que dispõe uma beleza histórica que vale a pena conhecer, assim como a sua beleza natural.

Os anos passam e a história fica. Depois de ser propriedade da igreja, é interessante visitar esta vila pitoresca, cujo o nome é Porto de Mós. Esta vila integra um dos dez destinos rurais e de natureza mais incríveis de Portugal que deve ser conhecido quando se trata de visitar o Distrito de Leiria.

Porto de Mós
Porto de Mós

Os melhores períodos para visitar Porto de Mós são entre Abril e Outubro, uma vez que as suas temperaturas são amenas e favoráveis para fazer turismo no nosso país. Aqui, existem alguns sítios onde a passagem é imprescindível para conhecer esta vila encantadora e cheia de história.

Quem visita esta terra, não pode deixar de passar no famoso castelo que serviu de refúgio para os portugueses, após a Batalha de Aljubarrota. Trata-se do Castelo de Porto de Mós com traços do estilo gótico e renascentista. O percurso da visita é feito pelos três pisos sendo que o primeiro merece um maior destaque devido à sua varanda que proporciona uma grande vista panorâmica sobre a vila.

Porto de Mós
Porto de Mós

Ao longos das décadas, tal como todos os outros, este castelo foi-se degradando. Porém, em 1936 surgiu uma maior preocupação que levou ao começo das obras de conservação e restauro, deste que mereceu o título de “Monumento Nacional”.

Sendo as maiores de Portugal, as famosas grutas de Mira de Aire são outro dos pontos que não pode deixar de visitar em Porto de Mós. Estas estão localizadas no parque natural da Serra de Aires e Candeeiros e são de fácil acesso o que permite a visita dos mais novos.

O final da gruta encontra-se a 130 metros de profundidade e partindo do início, isto pode parecer assustador, mas na verdade, não é e vale mesmo a pena pois quem visita a gruta está perante uma das sete maravilhas naturais de Portugal.

Grutas de Mira de Aire
Grutas de Mira de Aire

 

Rodeadas pela natureza, as Lagoas do Arrimal são formadas por três encantadoras lagoas das quais os habitantes tiram partido para o uso doméstico e regas. A Grande Lagoa situa-se junto ao Arrabal, a Pequena Lagoa localiza-se perto do Rossio reunindo assim as águas de Mendiga e por último, a terceira lagoa encontra-se em Portela de Vale de Espinho.

 

Lagoas do Arrimal
Lagoas do Arrimal

Inserida no Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros, a Fórnea é uma formação geológica, causada por várias erosões, que proporciona uma paisagem única e tranquila. O acesso até este incrível ponto é acessível e pode ser feito de carro ou a pé, através de um trilho.

Para aqueles que querem partir à aventura e realizar este trilho, podem partir da aldeia de Alcaria e caminhar durante dois quilómetros com o objetivo de conseguir ver o fundo da Fórnea. Ao longo do caminho, é possível deslumbrar-se com a paisagem que inclui uma linda cascata e a gruta da Cova da Velha.

Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros
Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros

Porto de Mós é uma pequena vila portuguesa no distrito de Leiria, com uma grande beleza que faz qualquer pessoa apaixonar. Vontade e interesse para partir à descoberta: é aquilo que é realmente necessário para conhecer estes pequenos segredos e encantos de Portugal.

 

Fonte: VxMag

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *