fbpx

Lagos do Sabor: há um novo paraíso para descobrir em Trás-os-Montes

Os lagos do Sabor são a mais recente pérola para descobrir em Trás-os-Montes. E até já existe uma rede de miradouros e baloiços para os contemplar.

Em Trás-os-Montes, ao longo de uma extensão de 70 km, existe uma série de lagos ligados entre si por gargantas e penhascos, que formam um santuário de vida selvagem e que oferecem aos visitantes paisagens de cortar a respiração. Falamos dos lagos do Sabor, que unem os concelhos de Alfândega da Fé, Macedo de Cavaleiros, Mogadouro e Torre de Moncorvo.

Estes lagos nasceram com a construção da barragem do Baixo Sabor, o que alterou a afluência da água e levou a uma mudança de cenário. Foi assim que o Sabor perdeu o título de “último rio selvagem de Portugal”, embora o rio não tenha deixado de ser arisco.

A barragem de Baixo Sabor foi a alternativa encontrada à barragem prevista para Vila Nova de Foz Côa. Apesar de anos de contestação, sobretudo porque esta é uma zona de proteção ambiental, a Comissão Europeia deu luz verde à construção da barragem, que custou cerca de 450 milhões de euros e que produz eletricidade para 300 mil pessoas.

 

Lagos do Sabor
Lagos do Sabor

Foi assim que, através da ação humana, a linha do horizonte entrecortado de Trás-os-Montes ganhou água nos vales. Apesar de tudo, ainda não há autorização para novas praias fluviais, ainda não existem aqui os famosos barcos-casa ou as casas palafitas, e os barcos de recreio ainda são poucos. Além disso, a pesca não está regulada e o regadio também não é programado.

 

 

 

 

 

 

Fonte: VxMag

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *