Amália como fonte de inspiração da Grande Marcha de 2020

No concurso Grande Marcha de Lisboa 2020, a letra da música interpretada por todos os participantes nas Marchas Populares deverá inspirar-se na fadista Amália Rodrigues, por ser o ano em que se celebra o centenário do seu nascimento.

Em comunicado, a EGEAC – Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural avança que as candidaturas podem ser apresentadas até 28 de fevereiro, estando aberto a todos os que queiram participar, residentes em Portugal e maiores de idade.

O concurso com mais de duas décadas de tradição, distingue anualmente a originalidade literária e musical dos autores da composição vencedora com um prémio no valor de 5.500 euros.

Este ano, a juntar a Lisboa, tema obrigatório, a letra da composição deve igualmente inspirar-se em Amália Rodrigues, tendo como júris Renato Júnior (em representação da Sociedade Portuguesa de Autores) e os músicos Carlos Mendes e Rita Guerra.

 

Fonte: Mundo Português

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *