Uma viagem de carro pela Ilha da Madeira

A Ilha da Madeira, encantador destino português em meio ao Atlântico, tem muitas atrações para oferecer aos seus visitantes, de paisagens exuberantes a piscinas naturais incríveis, passando por delícias gastronômicas e muita cultura.

Seu território é relativamente pequeno – a ilha principal tem 740 quilômetros quadrados – mas reúne belezas por toda sua extensão.

Como as atrações estão espalhadas por toda a ilha, uma boa maneira de explorá-la com liberdade é alugando um carro. Assim, será possível visitar cada ponto de interesse quando o turista quiser.

Em Funchal, a capital, estão as principais atrações, como o Monte, que tem uma vista impressionante para a cidade e o mar, o Jardim Tropical Monte Palace, o Jardim Botânico da Madeira, o Parque de Santa Catarina, o Museu CR7, dedicado ao jogador Cristiano Ronaldo, os fortes São José, Nossa Senhora da Conceição e São Tiago, e o impressionante Mercado dos Lavradores, que comercializa, principalmente, frutas e flores exóticas.

Na cidade ao lado, Câmara de Lobos, está o mirante mais famoso do destino: o Cabo Girão, com uma parede rochosa de 580 metros debruçada sobre o oceano. O local ainda conta com uma passarela com piso transparente, chamada de skywalk. Também é em Câmara de Lobos que está o Curral das Freiras, único ponto da ilha de onde não se pode ver o mar, e o Estreito de Câmara de Lobos, onde se fabrica o vinho Madeira, a principal iguaria da região.

A 20 quilômetros dali está Ponta do Sol, o ponto mais quente da ilha, perfeito para aproveitar um dia de sol. Já Calheta tem casinhas que se perdem entre bananeiras, vinhas e plantações de cana que formam um cenário encantador. Uma boa pedida é o Centro das Artes “Casa das Mudas”, onde acontecem exposições de arte, apresentações de peças de teatro, espetáculos musicais, entre outros.

Já na parte noroeste da Madeira está Porto Moniz, com suas piscinas naturais imperdíveis, formadas por rochas vulcânicas onde o mar entra naturalmente. Ao lado está São Vicente, que tem uma extensa área da Floresta Laurissilva, classificada como Patrimônio Natural da UNESCO. Também é lá que ficam as Grutas e o Centro de Vulcanismo, que exploram diversas passagens subterrâneas de origem vulcânica.

A charmosa Santana está a quase uma hora de São Vicente, e guarda os pontos mais altos da Madeira, Pico Ruivo, Pico das Torres e Pico do Areeiro, ótimas opções para quem gosta de caminhadas pela natureza. Na cidade, há casinhas típicas que chamam a atenção, com formato triangular e revestidas de colmo.

Mais 25 quilômetros separam Santana de Santa Cruz, com monumentos da época da colonização, como a Igreja de São Salvador. Lá estão a belíssima praia do Garajau, com uma reserva natural excelente para a prática de mergulho, e o único parque aquático da ilha, o Aquaparque.

Para conhecer todos esses recantos da ilha, percorre-se 166 quilômetros de paisagens incríveis. A maior parte deles conta com hotéis de excelente qualidade, assim é possível planejar o roteiro como for mais cômodo.

A Ilha da Madeira é um pequeno paraíso português situado em meio à imensidão do Oceano Atlântico. De origem vulcânica, sua localização privilegiada proporciona clima ameno e mar com temperatura agradável o ano inteiro, além de impressionantes cenários de montanhas, vales e penhascos, todos cobertos pela exuberante vegetação Laurissilva, nomeada Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco. O arquipélago é formado por um conjunto de ilhas, sendo as principais e únicas habitadas Madeira e Porto Santo.

 

Fonte: Mundo Lusíada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *