Padrão dos Descobrimentos convida a olhar para África com outros olhos

O Padrão dos Descobrimentos tem patente uma exposição que pretende dar a conhecer África muito além da visão que dela tiveram os portugueses.

‘Contar Áfricas!’ nasceu do “desafio lançado a dezenas de investigadores e especialistas” que escolheram peças e palavras e através delas “desenharam um percurso para conhecer uma África diversa e múltipla”, explica uma nota da organização da exposição.

Em exposição estão peças emblemáticas, de natureza e proveniência variadas, escolhidas por investigadores e especialistas das mais diversas áreas de estudo. “Cada peça conta uma história e convida a uma análise e reflexão por parte de quem a escolhe”, revela ainda.

Com a coordenação científico-museológica de António Camões Gouveia, a exposição ‘Contar Áfricas!’ conta com a participação e colaboração de diversas instituições, associações e investigadores.

Estátuas, capulanas, cerâmica, quadros, instrumentos musicais, fotografias, instrumentos de caça e muitas outras peças da História africana compõem esta mostra que tem como ponto de partida um “exercício científico-museológico” cujo desafio é “contar África e não a visão que de África tiveram os portugueses”, afirma António Camões Gouveia, coordenador da exposição.

O objetivo é “chamar a atenção sobre África”, um mundo “muito desconhecido e complexo” que tem formas de organização social e política, religiosa e simbólica, muito próprias, como, por exemplo, o peso das mulheres em determinadas culturas, a música, as línguas, ou até mesmo os reinos e os impérios que tinham, em alguns casos com moeda própria.

Para isso, o Padrão dos Descobrimentos, convidou 72 investigadores que estudam, há muitos anos, África, nas suas mais variadas vertentes, para escolherem peças e palavras e com elas desenhar um percurso para conhecer essa África diversa e múltipla.

Destes, obteve 41 respostas positivas de investigadores em áreas tão diversas como música, etnografia, antropologia ou literatura africanas, que escolheram peças emblemáticas, de natureza e proveniência muitíssimo variadas. Participaram ainda a associação de professores de Geografia, a associação de professores de História e a associação de afrodescendentes.

“’Contar Áfricas!’ vai estar aberta ao público até dia 21 de abril e haverá algumas visitas guiadas, ao domingo, ações de formação para professores e outras para o público, cada uma destas sobre um tema específico.

Nos dias 19 de janeiro e 16 de março, às 11h, a visita é acompanhada de com língua gestual portuguesa. A 26 de janeiro e 23 de março, também às 11h, a visita decorre com audiodescrição da exposição.

‘Contar Áfricas!’
Padrão dos Descobrimentos
Av. Brasília (Belém) – Lisboa
Até 21 de abril de 2019
De outubro a fevereiro: terça a domingo, das 10h às 18h
De março a setembro: todos os dias, das 10h às 19h

 

Fonte: Mundo Português

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *