Covilhã e Fundão têm projeto comum de promoção das aldeias mineiras

As Câmaras da Covilhã e Fundão, distrito de Castelo Branco, vão apresentar uma candidatura de cerca de um milhão de euros para desenvolverem um projeto que visa promover as freguesias mineiras dos dois concelhos.

“Temos equipas técnicas conjuntas a trabalhar para prepararem o projeto da Rota das Aldeias Mineiras, com vista ao desenvolvimento, à promoção, ao reordenamento e à requalificação das aldeias mineiras dos concelhos da Covilhã e Fundão”, afirmou José Armando Serra dos Reis, vereador da Câmara da Covilhã, em declarações aos jornalistas no fim da reunião privada do executivo.

Segundo o autarca, a candidatura será apresentada até ao final de setembro ao “Programa Valorizar” e enquadra-se numa estratégia de promoção, diversificação cultural e requalificação patrimonial e ambiental destes territórios.

“Queremos transformar os aspetos negativos que as explorações mineiras deixam nos territórios em aspetos positivos”, disse, acrescentando que o projeto abrangerá as localidades dos dois concelhos que integram todo o couto mineiro das Minas da Panasqueira, bem como as freguesias do Barco e de Cortes do Meio (concelho da Covilhã), onde também houve explorações de minério.

Entre as ações previstas estarão a criação de rotas e roteiros, a reabilitação e criação de espaços museológicos, além da requalificação e abertura de várias galerias mineiras para visitação.

José Armando Serra dos Reis frisou ainda que este projeto “supramunicipal” também deverá contribuir para potenciar o investimento privado, nomeadamente alguns dos projetos turísticos que já estão anunciados para esses territórios.

 

Fonte: Mundo Português

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *